Ok, já aceitei o desafio de mostrar como construir autoridade online produzindo conteúdo, mas a pergunta que te faço é a seguinte:

Você tem conhecimento do que é esse tão famoso “conteúdo original e relevante” dono do poder mágico de construção de autoridade?

Tá bom, exagerei um pouco, mas você sabe o que é conteúdo de qualidade e original?

A boa notícia que tenho para você é que se escolheu o marketing de conteúdo como rota para alcançar resultados como empreendedor digital… Parabéns, pois você acabou de fazer a escolha certa …

Não precisa ser fácil.
Apenas possível!

O que quero dizer com isso?

Independente da rota do caminho a ser seguido não será fácil, mas será possível.

Dito isso, o objetivo deste artigo é apresentar os 2 porquês de seu conteúdo não gerarem resultados condizentes ao trabalho investido, fazendo com que atraia as pessoas certas e venda todos os dias.

Deseja de fato assumir um posicionamento de autoridade produzindo conteúdo online?

Então continue lendo esse artigo parágrafo a parágrafo até o fim. Você não vai se arrepender!

Como construir autoridade online produzindo conteúdo? Quais os Erros?

Antes, você sabe o que é autoridade?

Pois bem.

  • Quando falo em Ayrton Senna o que te vem a sua cabeça?
  • E quando falo em Michael Jordan?

Bom, acredito que saiba quem são essas pessoas, Acertei?

Existem muitos pontos interessantes acerca deles para ser debatidos e também a respeito do que você pensou ou não pensou ao ler o nome deles.

Se você leu os nomes dessas pessoas e não os conhece é sinal de que eles não são autoridade para você e não existe nada de ruim nisso.

Sabe por que?

Devemos nos preocupar em sermos autoridade para um público específico, ou seja, não devemos e nem podemos agradar a todos.

Se já viu jogos do Michel e se emocionou em vê-lo resolver alguns nos segundos finais, sabe do que estou falando.

Quer relembrar?

Assista o vídeo abaixo até o FINAL!

https://www.youtube.com/watch?v=LAr6oAKieHk

Não acabou as emoções!!!

Já se arrepiou com as ultrapassagens fantásticas do Senna.

Sim?

Relembre então a melhor primeira volta da história de Senna.

https://www.youtube.com/watch?v=g8HyUQ5i7ms

Se emocionou como eu?

Claro! Ele é uma autoridade para você.

Na verdade, Jordan e Senna são ídolos seus.

Existem 2 pontos fundamentais, super simples e extremamente efetivos quando o assunto é autoridade.

Esses 2 pontos podem e devem ser utilizados na internet e fora dela, pois é sabido que a autoridade é importante dentro e fora da internet, ok?

Veja:

Se deseja saber como ter mais autoridade produzindo conteúdo, já te digo que será preciso se colocar na mídia, ou seja, será preciso colocar a cara na janela, aparecer, entrar no jogo se colocando em ação, em movimento.

Se prestar a atenção, tanto Senna, quanto Jordan fizeram isso durante suas carreiras. Deram a cara a tapa, se colocaram na mídia, pagaram o preço, entraram no jogo de corpo e alma focados.

Não estavam no ambiente online, estavam no ambiente offline, mas como já dito, a autoridade está presente, e é importante nos dois ambientes.

Posso dizer que dependendo do indivíduo que está a construir autoridade, ela se completa nos dois ambientes. Falaremos mais sobre isso a frente.

Construção de autoridade produzindo conteúdo. Qual a melhor maneira?

Sou suspeito para falar, mas posso afirmar que é produzindo conteúdo por meio de textos em um blog, vídeos no YouTube, postagens sanando problemas nas redes sociais, workshops, palestras online, presenciais e etc…

Há de concordar comigo que o que acabei de falar não é nada tão difícil assim de entender, ou seja, em outras palavras, estou falando que qualquer pessoa entende que produzir conteúdo é uma eficiente forma de gerar autoridade, mas o problema que surge é:

Como fazer isso do jeito certo?
Como criar conteúdo que gere autoridade?
Pense um pouco comigo…

Se a autoridade não estiver correlação a um nome ou marca, não é autoridade.

Na verdade acho que é impossível essa desvinculação ou dissociação.

Em outras palavras, o que estou dizendo é que se um conteúdo tem como objetivo gerar autoridade, necessariamente seus créditos precisam ser direcionados para a pessoa e/ou negócio que deseja construir tal autoridade, certo?

O desafio é o seguinte…

… o que fazer se seu conteúdo não gera nenhuma transformação em seu público?
… o que fazer se seu conteúdo produzido e disseminado não resolve problemas?

A verdade é que no processo de comunicação é importante se atentar para o fato da comunicação não ser somente o que se fala ou se escreve.

Ela é o que se escuta e se lê!

Sendo assim, sabe o que vai acontecer se não cuidar de sua comunicação?

Vai passar horas, talvez até dias escrevendo um artigo, gravando um vídeo, áudio ou seja qual for a mídia e…

… vai publicá-lo

… divulgá-lo

… Os primeiros visitantes vão começar a lê-lo, assistí-lo, ouví-lo e…

Lembra do desafio?

Pois bem…

… Zero de transformação
… Zero de problemas solucionados

Sabe por que?

… As pessoas não entenderam o seu conteúdo.
… Sua mensagem é fraca.
… Elas não entendem a relevância do que você está ensinando

Consequência?

… Saem do seu conteúdo e vão procurar algo mais divertido a fazer na internet e o pior é que muitas vezes vão consumir o conteúdo de seu concorrente falando do mesmo assunto que você.

Se deseja reter, prender a atenção de seu leitor fazendo com que sua mensagem seja transmitida de forma eficiência gerando a transformação desejada, saiba que será preciso de uma boa didática, caso contrário a única coisa que irá conseguir é alguns segundos de atenção e mais nada.

E nem adianta vim com aquela historinha do tipo:

  • “sempre fui o melhor aluno da sala”;
  • “tenho certificados nas mais importantes instituições de ensino” e etc.

Nada disso garante que será bem sucedido com as palavras no que diz respeito a atração, engajamento e responsividade do seu público.

Se você é um empreendedor e tem dificuldade de transmitir seus conhecimentos, ideias, estratégias e/ou técnicas por meio de um conteúdo, preciso te dizer que será um grande desafio atrair novos clientes, alcançar um posicionamento de autoridade realizando vendas de seus produtos e serviços.

Traduzindo…

Um empreendedor didático é capaz de ensinar estratégias, métodos e disseminar seus conhecimentos ou ideias de um modo que as pessoas que estudam o conteúdo produzido por ele perceberão valor em ler, relevância em assistir, escutar, compartilhar e aplicar.

Mesmo quem já é portador dessa tal didática, pode cometer erros, por isso deixa eu te mostrar um erro bobo para que fuja dele. Estou falando de escolher mal os títulos.

O título é um ponto VITAL para um conteúdo.

Pode parecer louco o que vou falar, mas existem na internet centenas, milhares, milhões e até bilhões de conteúdos fantásticos escondidos atrais de um título mal feito.

Explicando…

O ponto é que se o título não expressar ao público o quão incrível, relevante e solucionador tal conteúdo é, sabe o que esse conteúdo vai gerar?

Acertou, desinteresse em clicar para saber mais.

Qual título você acha que vai chamar mais atenção ao público?

  • Como investir na bolsa de valores?

ou

  • Fui investir na bolsa de valores e olha o que deu!

Com certeza se realizar uma busca no Google, o termo campeão em busca é o 1º, mas sem sombra de dúvidas é disparado o mais difícil para ser posicionado devido à concorrência, pois muitas outras pessoas já estão utilizando esse termo.

Em uma pesquisa no planejador de palavras chaves, verifiquei que tanto “como investir na bolsa de valores”, quanto “investir na bolsa de valores” tem aproximadamente 1000 pesquisas mensais o que é um prato cheio para empreendedores que ainda estão na vibe do número de palavras chaves.

Quer sair da zona de conforto?
Verifica esse conteúdo que escrevi sobre geração de resultados
rápidos com o novo SEO
e tire suas próprias conclusões.

Voltando…

Enquanto isso, o item 2 foca no contraditório:

Deseja investir na bolsa? Eu investi e olha o que aconteceu.

Curiosidade e controvérsia.

É mais ou menos isso que se passa na cabeça de quem lê esse título e está querendo aprender como investir na bolsa de valores, ou seja, isso que atrai mais a atenção do seu público.

Preste bem a atenção, ambos os títulos possibilitam que você especialista em investimento na bolsa dê dicas de como investir na bolsa.

É possível produzir um conteúdo idêntico e com o mesmo objetivo usando ambos os títulos, ou seja, a “escolha errada”  é o título.

Não que seja escolha errada focar no posicionamento de um texto com um título mais genérico e direcionado aos mecanismos de busca, o problema está em não pensar fora da caixa, o problema é não pensar na psicologia de pesquisa, não pensar no leitor e em sua experiência na hora de consumir tal conteúdo.

https://www.youtube.com/watch?v=C7OqBYo9h5o

ASSINE NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Esse é um problema comum de quem estuda bastante um assunto que no nosso caso é o marketing digital.

Escolher títulos de menor efetividade e escreve acerca de assuntos que acha ser importante, mas que nem sempre o público conhece ou sabe o que é, é um problema/erro comum dos estudiosos de marketing digital e vendas online.

Deixa eu te explicar para que fique mais claro…

Por que está aqui lendo este texto?

Claro que é por que deseja adquirir conhecimento novo acerca de como se tornar uma autoridade produzindo conteúdo na internet, não é verdade?

Agora eu te pergunto: 

Acha mesmo que seu possível cliente tem conhecimento do que seja e de quais são os benefícios de ser uma autoridade?

Ao contrário dela, VOCÊ conhece, e é por esse exato motivo que tem interesse e deseja aprender mais sobre esse assunto. É só devido a conhecer e reconhecer a importância de tal assunto que você está aqui.

Mas por que motivos as pessoas que não sabem nada e nem nunca viram tal termo vão sentir vontade de clicar em um conteúdo abordando o mesmo? Como já dito é um termo que ela não conhece e portanto não sabe os benefícios de conhecê-los.

Ai que vem a didática do ensinar, lembra?

O desafio estará nas suas mãos de encontrar uma forma contextual que faça aquele conteúdo, aquela dica super relevante ser percebida como tal, ou seja, de forma atraente para o seu público.

A grande maioria dos empreendedores não desejam ou tem interesse em descobrir o que é uma consultoria em marketing digital e vendas online e o que ela pode fazer por sua empresa.

Seu foco central é vender mais.

Vamos então aproveitar essa curiosidade de “como vender mais e melhor” para explicar a importância do marketing digital focado em vendas?

A grande esmagadora maioria dos empreendedores hoje não tem conhecimentos do que seja “SEO” muito menos o que seja “Novo SEO” e indo mais longe de “Como gerar resultados rápidos com SEO”.

O que eles sabem é que seus resultados não estão do jeito que desejam, que seus negócios estão mal das pernas, que o fluxo de caixa está no vermelho, pois algo está sendo feito errado e precisa ser corrigido logo enquanto ainda é tempo.

Agora, preste bem atenção para que fique claro como neve.

Se não é didático no ensinar, nem perca tempo de pensar do lado de fora da caixa, pois não vai conseguir explicar o que precisa para o seu público de um jeito que eles entendam.

Por outro lado, se é mestre em didática e pensa de forma engessada dentro da caixa, seu conteúdo pode ser épico e não irá atrair a quantidade de pessoas quanto deseja e, consequentemente, não irá gerar os resultados esperados.

Para que você se torne efetivamente uma autoridade como empreendedor, suas dicas, estratégias e conteúdos vão precisar fazer a diferença positiva na vida das pessoas que representam o seu público.

Nesse contexto, o que é realmente necessário fazer para ser didático e pensar fora da caixa?

Pensando Fora da Caixa

Quero compartilhar um filme que todo enfermeiro assiste (a sim, eu não falei que sou enfermeiro de formação, desculpe). Esse filme é maravilhoso e tem uma cena que ilustra muito a meu ver o pensar fora da caixa.

Estou falando do Patch Adams: O Amor É Contagioso. Pode assistir aqui abaixo completo ou somente a cena que eu menciono que vai do minuto 7:50 até o minuto 10:20.

https://www.youtube.com/watch?v=RmqD7cByVPg

Eu estaria louco e mentindo se te dissesse que existe uma fórmula infalível para pensar fora da caixa, agora posso afirmar sem medo de errar que existem várias maneiras para estimular o pensamento fora da caixa.

Uma delas é conversar em roda de amigos.

Olha que essa semana mesmo eu participei de algumas rodas de conversa e é impressionante como me fez pensar fora da caixa para vários assuntos importantes acerca da minha vida e objetivo de ajudar empreendedores a montarem negócios online.

Falamos sobre vários assuntos como: honestidade, negócios, investimento, traição e muito mais…

A ideia deste texto, por exemplo, confesso que nasceu a muito tempo na minha cabeça e estava aqui nos rascunhos do meu computador, mas depois de conversar com amigos, retomei a escrita e o conteúdo fluiu até se tornar o artigo que está a ler nesse momento.

Se você não costuma conversar em roda de amigos, aconselho fortemente investir tempo nisso, pois isso nos leva a ter ideias fora da caixa e é bem provável que o que esteja te prendendo seja sua rotina de trabalho ou a tranquilidade da zona de conforto.

Se me permite uma dica de como resolver isso, ai vai. Mude de ares, encontre novas fontes de conhecimento como:

  • Blogs;
  • Revistas; 
  • Podcasts;
  • Portais de notícias;
  • Canais do YouTube e etc.

Não se prenda a canais somente da sua área de atuação. Grandes ideias podem surgir ao nos colocarmos em contato com elementos, informações de outros segmentos.

Murilo Gum fala que não existe criatividade e sim combinatividade. Concordo plenamente com ele, pois quando unimos a informação A com a informação B, temos a informação C. Simples assim!

https://www.youtube.com/watch?v=bb3kBHcfeNA

Uma ótima forma de perceber por outro ângulo as coisas é se colocando a disposição de diálogo com seu público, perguntando a eles seus problemas, seus desafios. Pedindo a eles opiniões acerca do que já fez e acerca do que vai fazer.

Em outras palavras…

Peça a seu público sugestões e com base nessas informações continue produzindo.

Uma forma de ter informações a respeito do seu público e com as famosas enquetes… Aconselho usar com parcimônia.

Já que falei em pedir opinião, me diga o que achou desse conteúdo nos comentário ao final, ok? Olha que sua ajuda é de vital importância. Não esquece!

Bem, agora que você já tem algumas opções para testar, vamos a didática.

O que fazer para ser mais didático?

Como construir autoridade online melhorando a didática?

Ser didático envolve vários pontos, o que torna um desafio quase que impossível detalhar os mais importantes aqui agora. Sendo assim, vou focar minha atenção e foco em resumir de forma geral e em outro momento falamos de forma mais aprofundada sobre esse assunto, ok?

Quem acompanha meu conteúdo já sabe que você não precisa ser um mestre da gramática, um escritor consagrado e ganhador de prêmios para produzir bons textos e nem dono de um estúdio em Hollywood para gravar bons vídeos.

Dito isso, deixe me oferecer uma orientação simples, óbvia, prática, embora de grande efetividade.

Deseja gravar vídeos com objetivo de construir autoridade online?

Estude o trabalho de outras pessoas, se coloque a aprender com quem está fazendo isso.

Mas atenção!

Escolha pessoas que estejam fazendo melhor que você e partir daí, se esforce para fazer melhor que eles.

Deseja aprender como escrever textos com melhor qualidade?

Se coloque a ler mais sobre assuntos diversos. Isso vai aumentar o seu repertório de conhecimento e facilitará a escrita.

Somado a isso, não é nada mal se dedicar a estudar técnicas para produção de conteúdo. Existem algumas técnicas e regras simples que se aplicam a qualquer tipo de conteúdo, enquanto outras que só funcionam para um tipo específico.

Em breve irei tratar sobre como construir autoridade online por meio dos vídeos.

Qual parte do artigo mais te chamou a atenção?

Me diga nos comentários e aproveite para compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas tenha acesso e possam se beneficiar desse conteúdo. 

Se quiser saber mais e ir além… saindo da zona de conforto, basta acessar esta página

Abraços!
Alessandro Barros